sábado, 1 de outubro de 2011

1 mês após cirurgia!!!


      1 mês após cirurgia senti a primeira sensação de Dumping. Eu e minha irmã levamos os meninos para o Mc e inventei de comer um Quarteirão... O resultado foi desastroso, parei de comer antes de me sentir satisfeita e mesmo assim passei muito mal... Não tive náuseas, mas cheguei bem perto disto. Foi a primeira vez que ocorreu. Comecei a ter taquicardias e precisei me tranquilizar com a respiração mais prolongada. Ajudou, mas o efeito do Dumping só passou mesmo depois de 40 minutos. 
      Após este evento, o Di me fez jurar que eu não iria mais. Jurei, mas também disse que não iria mais com ele! 
       Todas as manhãs assim que acordo, se me atrevo a comer um pouco, já me sinto mal. É como se fosse uma sonolência, aliada à fadiga. É um sentimento que une o mal estar geral com vontade de dormir.
       Como se percebe na foto, ainda não é possível ver alguma diferença estética do emagrecimento. Mas já percebo uma mudança metabólica muito boa. Durmo bem, fico mais disposta e feliz. Dei ao meu sobrinho do meio um skate e ele já anda testando suas habilidades. Tenho vontade de pegar o patins e passear também, mas sei que ainda não posso. É um verdadeiro martírio. No dia do aniversário dele, ele até dormiu ao lado do skate. Este homem da foto é um mineiro muito simpático que estava na praça quando ele foi testar o "brinquedo". Ele tentou ensiná-lo como andar, mas o Lucas queria passar da etapa inicial e já andar naquele buraco... Criança é assim mesmo! 
            Sinto um leve incômodo com a cinta que tenho que usar até dia 12 de outubro. Como tenho cintura fina, comparado aos obesos, ela não firma bem no abdômen e por conta disto tenho algumas dores na região. Deviam confeccionar um modelo mais individual, haja vista que se trata de procedimento cirúrgico e equipamento para a melhora do resultado. Não é um acessório estético. Adaptei um pequeno travesseiro nas costas para que ela continue esticada e seja mais efetiva. Assim que retiro o travesseiro, ela se dobra inteira. 

    Achei interessante colocar as fotos da primeira vez que fui ao Restaurante Japonês após a cirurgia. Estes amigos são a Giovana e Tiago. Fui madrinha do casamento deles os quais tenho um grande carinho. Fomos ao lugar só com amigos queridos, os casais Bruno e Dany, Vivi e  Diego. Todos já casados e que agora nos cobra uma festa. Tenho grande expectativa de me casar com um corpo bem melhor do que agora. Quero usar vestido de noiva, sempre tive este desejo.
    Voltando ao assunto do restaurante Japonês, achei que não valeria a pena pagar o rodízio, mas sempre gostei de 2 pratos diferentes e certamente não encontraria isto à la carte.  Então paguei o rodízio. Estive até procurando na internet se havia alguma lei que obrigasse o Restaurante a descontar 50% do valor para quem faz a cirurgia, mas parece que não se trata de lei federal, haja vista que a procurei no site da presidência. O Jornal Hoje fez uma matéria com relação ao assunto em Espírito Santo, mas também não encontrei legislação estadual condizente ao assunto.
      De qualquer forma, é importante dizer que foi muito bom ter ido ao Japonês. Shimeji é muito fácil de deglutir e o Salmão também. Parei de comer por medo e não porque não daria mais. Foi uma experiência bastante interessante, ainda mais feita antes da consulta com a Nutricionista. Foi o dia que completei 1 mês de fato da cirurgia. 
     Dia 26 passei na nutricionista e ela me autorizou a comer tudo em pequenas quantidades, que não fosse doce, nem alimento gorduroso. Embora acreditasse que ela acharia ruim por ter comido salmão cru, a mesma informou que as comidas cruas devem ser ingeridas pela facilidade. Fiquei muito feliz, pois amo comida crua. Adoro quibe cru e peixe cru. Este foi o lado bom da história.                  Ainda não sinto vontade de doces.
             Dia 27 passei no médico para retirada do último dreno, que foi tranquilo também. É um procedimento indolor. O médico viu exames que realizei (hemograma, glicemia, sódio e cálcio) e já me passou uma nova guia de exames, além de prescrever 2 polivitamínicos: o complexo B e polivitamínicos e poliminerais. Marcamos retorno para novembro, para ambos profissionais: nutricionista e gastro. 
                   E aos poucos estou experimentando os alimentos que posso e que não posso. Empolgada com a notícia positiva em comer salmão cru, fomos ao Restaurante Japonês novamente na saída do médico. Só que desta vez um restaurante por quilo. Ainda não tenho noção do quanto devo pegar e acabei pesando uma quantidade que não aguentei. Fui direto pra casa e dormi. Não passei mal, mas me senti como se não tivesse dormido a noite toda! 
                  Ontem de noite pedi Yakissoba do China in Box. Foi tudo muito bem, mas não comi nem metade do que veio. 
                   Dia 08 de outubro irei ao Show do Charlie Brown aqui em Santos, estou feliz com isto tudo! Vamos ver!! Até a próxima! 

4 comentários:

  1. Juuu, estou adorando seu blog, vc está detalhando bem sua experiência!
    Fiquei mto contente em ver nossa foto e mto feliz em saber do seu carinho por nós, é recíproco!
    Foi mto bom compartilhar esse momento delícioso de apreciar um peixinho cru com vc! rs...
    E próximo sábado estaremos no show curtindo bastante! Vamos poder relembrar nossas baladas, só q sem as bebidas alcoólicas! rs...
    Agora qto a cobrar uma festa sua e do Diego, vamos continuar cobrando, fazemos parte da sua história e queremos vê-la no altar, linda e feliz e eu sinto q este dia está cada vez mais próximo...
    Bjãooo amiga

    ResponderExcluir
  2. sua doida!!!!!!! Mc com um mês de cirurgia????? Um mês de cirurgia u so comi file de pescada grelhada, purezinho de batata, bolacha agua e sal, café com leite... coisas levíssimas!!!!!!!!

    Mc eu acho que eu só fui comer depois de uns 4 meses.... pedia aqueles franguinhos, nuggets.... e comia uns 3 ou 4 no máximo!hahahahaha

    Não abusa!
    Que bom que você está feliz! E pode ter certeza que essa sensação de bem estar e essa felicidade só irão aumentar cada dia mais!!!

    Aproveite cada momento, cada redescoberta! VALE A PENA!

    Beijos Priscila Souto

    ResponderExcluir
  3. Olá Danusa! Emagreci 50 quilos no total, engordei 11 kg e emagreci esses 11 com dieta! Não é fácil manter o peso, hoje tenho consciência de que se quero qualidade de vida, não há como escapar da atividade física. Nós fazemos tantas "manobras" pra tentar controlar o peso, porém a fórmula mágica é a mesma, sair do sedentarismo principalmente.

    ResponderExcluir